Deep Links são basicamente um tipo de link que, quando clicado, direcionam os usuários para um app ou página específica de um app, ao invés de um site ou a loja de aplicativos, sendo assim uma ótima maneira para facilitar a vida dos usuários.

Mas seria possível utilizar essa tecnologia como ferramenta de engajamento, da mesma maneira que ela já é usada atualmente para aquisição? Neste artigo, exploramos essa questão e trazemos 5 dicas para usar Deep Links para engajar usuários.

 

Como se parece um Deep Link?

Se você tem um smart-phone provavelmente você interage várias vezes com Deep Links no seu dia-a-dia. Por exemplo, quando você clica no link de uma música do Spotify e o app é aberto automaticamente na música, ou te leva para loja de Apps se você ainda não o tenha instalado.
Sem a estrutura de Deep Link o usuário seria redirecionado para a página da música no navegador do smartphone.

Group

 

Deep Links podem promover engajamento?
Ao mesmo tempo que essa transição entre páginas web e apps removem cliques desnecessários e aumentam a experiência do usuário, elas tem o poder de manter as pessoas interessadas, reduzindo os possíveis abandonos até o momento de conversão.

 

1. Retargeting para conversão
Redirecionamento inteligente é a alma dos Deep Links. Utilizando os parâmetros corretos, você pode direcionar usuários para qualquer lugar do seu app, como ofertas específicas ou páginas de benefícios. Por exemplo, e-commerces podem enviar automaticamente os usuários para o carrinho quando uma notificação é clicada, ajudando aumentar as vendas feitas no app.

Direcionar os usuários que possuem seu aplicativo instalado, significa mais poder para moldar sua experiência no app, pois permite enviar os usuários para onde você quer de acordo com sua estratégia, sem se preocupar que eles acabem em uma loja de aplicativos.

 

2. Benefícios por Referência
Se seus usuários são novos, ou se você está buscando usuários específicos para voltar ao app, o uso de Deep Links combinados com incentivos e uma mensagem criativa pode se tornar um sucesso rápido que leva os usuários de volta ao seu aplicativo.

Incentivos podem gerar grandes benefícios para apps de games, plataformas de e-commerce e outros tipos de apps também.

Um exemplo prático? O iFood reconhece usuários que já fizeram vários pedidos, mas estão alguns dias sem acessar o app, e enviam cupons com 8 entregas grátis.
O Deep Link envia o usuário direto para página de restaurantes abertos no momento, ajudando aumentar a conversão.

Uma boa estrutura de Deep Link também é capaz de recuperar automaticamente códigos promocionais para os usuários, não precisando de operações adicionais como Copiar e Colar, que quebram o fluxo de conexão feito pelo Deep Link.

 

3. Compartilhamento de redes sociais
Uma maneira poderosa para conseguir re-engajamento é o reforço social. Prover o compartilhamento do seu conteúdo de maneira fácil (e até mesmo recompensando o usuário por isso), garantirá que seu app seja incorporado ao círculo social dele.

Os dados comprovam isso. Uma pesquisa feita pela Crowdtap mostra que pessoas são altamente influenciáveis pelas mídias sociais durante as compras de Natal. Mais de dois terços dos entrevistados na pesquisa disseram que usam as redes sociais para procurar inspiração para seus presentes, e 70% acreditam que redes sociais influenciaram outras decisões de compras feitas.

Crie uma mensagem a partir de um evento bem-sucedido e adicione links para seu perfil nas mídias sociais (Facebook, Twitter). Com uma aceitação significativa, você estará presente em mais círculos sociais, trazendo novas pessoas para testar seu aplicativo.

 

4. Parcerias entre Apps
Um grande exemplo de promoções entre apps é a parceria feita entre Spotify e Shazam.
Deep Links do Spotify foram adicionados no Shazam. Desta maneira, quando um usuário descobre uma música através do Shazam, um botão do Spotify é apresentado permitindo a reprodução da música ou até mesmo que ela seja adicionada à uma playlist.

Group 2

 

Pudemos perceber que o Deep Link é mais uma ferramenta importante para se ter no seu repertório de engajamento.

Utilize essas 4 dicas para se inspirar e aproveitar ao máximo a estrutura de Deep Links no seu app!