window.dataLayer = window.dataLayer || []; function gtag(){dataLayer.push(arguments);} gtag('js', new Date()); gtag('config', 'UA-73310035-1');

4 Vezes que Push Notifications poderiam ter mudado a História do Brasil e do mundo

Push Notifications apenas estão em nossas vidas desde 2009 e se tornaram uma ferramenta indispensável no dia-a-dia dos departamentos de marketing.

Empresas agora podem enviar seu conteúdo de uma forma nunca tão interativa e os consumidores receberem independente de onde estejam.

Nós acreditamos que se existissem desde o começo dos tempos, a história não seria a mesma. Logicamente, se as notificações fossem entregues para a pessoa certa, na hora certa.

Viaje no tempo com a gente e veja como poderíamos ter mudado a história enviando notificações relevantes e personalizadas. Vamos lá!

 

Titanic

4-vezes-que-push-notifications-poderiam-ter-mudado-a-histria-do-brasil-e-do-mundo

Em 1912, bem antes de conhecermos o belo romance de Jack e Rose na megaprodução Titanic, aconteceu o verdadeiro naufrágio do navio que era o top de linha daquela época em termos de tecnologia marítima, porém, provou não ser resistente a impactos. O Titanic afundou no dia 14 de Abril de 1912 logo após bater em um iceberg.

Tudo isso poderia ser evitado se o capitão Edward John Smith, tivesse um aplicativo com serviço de GeoFence, que reconheceria que na localização que estavam, há grande riscos de Iceberg e enviaria um Push Notification o avisando do mesmo.

 

Pearl Harbor

4-vezes-que-push-notifications-poderiam-ter-mudado-a-histria-do-brasil-e-do-mundo

Os Estados Unidos entraram para a Segunda Guerra Mundial no ano de 1941, logo após os Japoneses atacarem Pearl Harbor que fica na ilha de Oahu, no Havaí. O resto da história é bem conhecida com o ponto final colocado na guerra pelos americanos com a bomba atômica que devastou as cidades de Hiroshima e Nagasaki.

Um bom aplicativo de pensamentos poderia ter ajudado as forças armadas Japonesas reverem sua estratégia de guerra, principalmente quando se trata em mexer com quem está quieto.

 

Acidente na Base de Alcântara

4-vezes-que-push-notifications-poderiam-ter-mudado-a-histria-do-brasil-e-do-mundo

O acidente de Alcântara, também conhecido como tragédia de Alcântara, foi um grande incêndio seguido de algumas explosões, que destruíram o foguete brasileiro VLS-1 V03 em sua plataforma no Centro de Lançamento de Alcântara, 3 dias antes de seu lançamento, matando 21 técnicos civis.

O relatório final de investigação, apontou um ‘acionamento intempestivo’ provocado por uma pequena peça que ligava o motor.

Um bom serviço de Push Notifications ligado a sensores de Internet das Coisas (IoT) nos motores, poderia muito bem ter previsto falha no circuito, avisando para os técnicos rapidamente.

 

Brasil x França em 2006 e a meia do Roberto Carlos

4-vezes-que-push-notifications-poderiam-ter-mudado-a-histria-do-brasil-e-do-mundo

Quem não lembra daquele timaço do Brasil na Copa de 2006, o quadrado mágico na frente, uma bela zaga. Achamos que aquela copa era nossa, só esquecemos de avisar a França.

Um dos lances marcantes desse dia foi o gol da França, onde nosso grande lateral, Roberto Carlos, arrumava suas meias no momento em que Henry recebia sozinho e sacramentava a nossa derrota.

Um bom app de Futebol seria essencial para dar dicas diárias aos jogadores, como por exemplo avisar o Roberto Carlos, que lançamento de bola na área é um lance de perigo e  não uma hora de arrumar a meia.

 

SUAS NOTIFICAÇÕES PUSH ESTÃO TRAZENDO BENEFÍCIOS AOS USUÁRIOS?

Hoje temos o benefício de livros de história, Google e Wikipedia para nos dizer a melhor hora que deveriam ser enviadas essas Push Notifications no passado.

Por sorte hoje possuímos dados, e com eles conseguimos descobrir o contexto correto para atingir consumidores com a comunicação ideal, aumentado ainda mais o índice de engajamento de seus Apps.

Isso é muito chute da nossa parte, mas uma coisa é certa: as Push Notifications são uma ferramenta poderosa para comunicar em tempo real, que ajudam a educar as pessoas, e enviar mensagens urgentes.

Por |1 de março de 2018|Engajamento|0 Comentários

Sobre o Autor:

CO-Fundador e CEO (Chief Engagement Officer) da Inngage. Vamos conversar sobre engajamento de usuários?

Deixar um comentário