window.dataLayer = window.dataLayer || []; function gtag(){dataLayer.push(arguments);} gtag('js', new Date()); gtag('config', 'UA-73310035-1');

O que é uma boa taxa de retenção?

Todos nós já sabemos a dificuldade que as empresas têm em conseguir adquirir uma boa audiência para seus Apps. Não só isso, a comunicação incerta acaba resultando em perda de usuários. De fato, estamos no meio de uma crise de engajamento com usuários de aplicativos móveis.

Queremos que nossos Apps tenham uma grande base de usuários ativos e fiéis. Porém, para isso acontecer devemos quebrar o modelo atual e entender que precisamos alterar nosso foco para retenção (mais do que aquisição) para conseguir cultivar e manter os usuários ativos. 

 

Alternando o Foco: De Aquisição para Retenção

Se já faz alguns anos que você está no universo de mobile, você sabe que aquisição já foi considerada a métrica mais importante para Apps. Empresas focavam em atrair o maior número possível de usuários, pensando que downloads era o pilar mais forte de sucesso.

Porém, o que muita gente não sabia é que, em média, 23% desses usuários só utilizam o App uma única vez. Assim fica claro que devemos começar a focar em métricas mais avançadas para promover engajamento e retenção.

Quando falamos para você que devemos focar em retenção, é importante te auxiliarmos a entender como medi-la, ou seja, o que é uma boa taxa de retenção. Por esse motivo, separamos para você algumas pesquisas para você possa entender onde você está e como pode melhorar em relação a seu setor.

Referências de taxa de retenção: Onde você se encontra?

Antes de ir adiante nos dados, vamos frizar que, nessa pesquisa, estamos levando em conta a retenção como usuários que retornaram em seu App pelo menos 1 vez em 30 dias. 

Agora que temos isso em mente, podemos responder a pergunta: “O que é uma boa taxa de retenção?”

o-que--uma-boa-taxa-de-reteno

Olhando os dados gerais de retenção de 2017 podemos ver que, em média, Apps possuem uma taxa de retenção de 29% após 90 dias. Isso significa que 71% dos usuários foram perdidos no terceiro mês.

Já o gráfico abaixo, nos mostra a média de retenção por indústria nos períodos de 30, 60 e 90 dias. Nele podemos observar que o setor de viagens e estilo de vida foi o que mais conseguiu reter no terceiro mês, com média de 29%.

o-que--uma-boa-taxa-de-retenoO que isso significa para o futuro da retenção de usuários?

Bom, é nítido que temos muito o que fazer para manter nossos clientes ativos, certo? Sorte que hoje temos novas tecnologias para nos ajudar com isso, como Rich Push e o Marketing Baseado em Contexto.

Para que seu app não fique dentro da média de retenção, ou abaixo, separamos algumas dicas valiosas para você!

 

5 maneiras de melhorar a taxa de retenção dos usuários de seu App

Os dados acima falam por si. Enquanto um número pequeno de aplicativos está focando em retenção, o restante está aquém. Mesmo que os smartphones sejam o local favorito dos consumidores para interagir com as marcas, elas ainda não estão entregando uma experiência positiva aos usuários, e por isso, seus apps estão sendo desinstalando.

Quer saber como mudar isso? Aproveite as táticas abaixo que impactam positivamente a retenção:

 

1) App Onboarding: Seus usuários precisam, ao baixar seu App, entender como navegar dentro dele. Então, deixe isso bem claro através de slides de introdução, ou vídeo explicativo, por exemplo. Essa primeira impressão é muito importante, sendo que esse “detalhe” tem um impacto enorme na interação dos usuários.

2) Push Notifications: Push Notifications é a ferramenta mais importante para engajar usuários fora de seu App. Porém, como são de fácil visualização e ficam fixas na aba do celular, é preciso utilizar essa ferramenta de maneira mais assertiva. Isso significa que é necessário compor mensagens personalizadas para que gere sentido para o usuário.

3) Individualização: Usuários de Apps anseiam por um tratamento individual. Eles querem que sua experiência seja de acordo com suas preferências e de como interagem com o App. Conseguimos ver em nossos dados que Notificações individuais são muito mais eficazes que mensagens genéricas.

4) Experiência Omni-channel: Um grande erro que várias empresas cometem é não integrar seu App a outros canais de marketing. Vemos muitos Apps completamente isolados da estratégia de marketing, resultando em uma experiência desconexa. Por isso, insira seu App em seus outros canais, como: SMS; WhatsApp; e-mail; Push, para criar uma experiência mais completa para os usuários.

5) Use dados como guia: Como qualquer outro canal, precisamos de dados para saber se sua estratégia de mobilidade está no caminho certo. Isso significa que você precisa de uma plataforma de engajamento móvel que consegue entender como seus consumidores interagem com seu App e te devolva essas informações em métricas. Possuir os dados corretos permitirá que você fortaleça suas interações com os usuários, resultando em um aumento positivo na retenção.

 

Conclusão

o-que--uma-boa-taxa-de-reteno

Como efeito da consolidação dos aplicativos móveis, empresas precisam ter novas estratégias para ter sucesso. Isso significa que taxa retenção deve ser um indicador-chave de desempenho dos Apps da sua empresa, juntamente com aquisição e engajamento.

Agora que você tem uma boa referência para a retenção de usuários, é hora de agir. Considere ter como um de seus objetivos melhorar a retenção e reduzir as desinstalações de seu App.

Uma ferramenta de Mobile Marketing para te ajudar nessa trajetória é a Inngage, que possui ferramentas de comunicação segmentada focada em retenção e engajamento, além de fornecer dados para análise de resultados. Caso queira ver na prática como isso é feito solicite aqui uma demonstração de nossa plataforma.

Sobre o Autor:

CO-Fundador e CEO (Chief Engagement Officer) da Inngage. Vamos conversar sobre engajamento de usuários?

Deixar um comentário