Hoje vim aqui pra falar contigo sobre um dos maiores fenômenos de Mobile que tivemos no Brasil nos últimos anos, as famosas notificações do iFood.

Principalmente nos últimos meses, as Push Notifications enviadas pelo iFood tornaram-se algo viral, motivo de comentários e discussões em diversos ambientes, seja em casa, no trabalho ou nas mídias sociais, o aplicativo sabe como “dar o que falar”. Basta ver os stories de algumas amigas nossas:

A pergunta que fica é: Como? Como o iFood conseguiu, em tão pouco tempo, gerar tanta repercussão entre as pessoas e aumentar estrondosamente sua base de clientes? É disso que vamos falar agora!

Contexto

Com essa grande onda de Startups nos últimos anos pudemos ver que, sem dúvidas, um dos principais fatores de sucesso de uma empresa é seu timing.

Você pode até ter uma grande ideia, mas se o timing não for certo, todo o seu projeto pode ir por água abaixo.

Felizmente, o iFood não teve que se preocupar com isso, visto que, segundo o eMarketer, a tendência é que a compra de comidas online só tende a crescer nos próximos anos, como podemos ver no gráfico:

1. Benefícios claros -> Cupons

Claro que não podíamos deixar de comentar sobre a principal jogada do aplicativo nos últimos meses, seu alto Burn Rate, ou seja, a alta quantidade de capital “queimada” pela empresa para alcançar um maior crescimento de mercado.

Como já utilizada por outras empresas, a estratégia de Cash Burn é, sem dúvidas, muito efetiva. Quem já utiliza o aplicativo há algum tempo se lembra que, no início, conseguíamos até fazer pedidos sem gastar nem 1 centavo.

Aliados às notificações extremamente carismáticas, os cupons de desconto foram uma das principais causas de toda essa viralização, mas como veremos, existem mais componentes de toda essa estratégia do aplicativo de delivery.

2. Humanização de Marca

Falamos muito disso em nossos conteúdos, da importância de uma marca humanizada e o que isso representa para seus clientes. Isso o iFood faz muito bem, com sua comunicação informal e amigável, muitos enxergam a marca realmente como uma pessoa, porque afinal… Dá uma olhada:

Realmente algo a se pensar não é mesmo? São notificações como essa que nos fazem refletir sobre que tipo de comunicação devemos utilizar com nossos usuários.

De notificações genéricas nossos Smartphones estão cheios, então te deixo a seguinte pergunta: Como você pode fazer diferente?

 

3. Senso de Humor

Por último, eu não podia deixar de comentar sobre o inigualável senso de humor do aplicativo. Pode parecer algo totalmente irrelevante, mas você já parou pra pensar que você pode ter usuários do seu aplicativo que só continuam contigo devido às suas notificações? Como várias pessoas que baixam o App para receber:

Isso mesmo, pessoas que fazem o download do seu App só para receber o conteúdo das suas notificações? Hoje vivemos na era do Marketing de Conteúdo, então porque isso não poderia chegar até as Push Notifications?

Hoje o iFood faz isso através de suas cômicas notificações, porém são diversos tipos de conteúdos que podem fazer sentido para o seu aplicativo: notícias, dados, dicas, promoções, ou seja, informações realmente relevantes no dia a dia do seu usuário.

Fazendo isso é claro que, eventualmente, esses usuários entrarão em seu App para tomar alguma ação, fazendo assim com que você, dessa forma, concretize seus objetivos e converta esses usuários.

 

4. Segmentação

Não é porque uma campanha é relevante para você que ela será relevante para todo mundo, por isso podemos afirmar que, em grande parte dos casos, o grau de efetividade de uma campanha é proporcional ao seu grau de segmentação, ou seja, quanto mais personalizada uma campanha, maiores serão suas taxas de conversão.

Isso é outra coisa que o iFood também faz muito bem, entendendo quais são os gostos de preferências de cada usuário, são disparadas campanhas baseadas no que realmente faz sentido para esse determinado cliente, como essa que recebi após vários pedidos de hambúrguer:

Além disso, também existe a possibilidade de segmentação do tipo de comunicação pela idade de seus usuários, utilizando uma comunicação adequada para cada tipo de público do aplicativo.

Conclusão

Nesse post resolvi fazer o Benchmarking dessa referência no mercado de Gastronomia e Bebidas que vem trabalhando fortemente seu Mobile Marketing, espero que esse Case possa ser útil para seu App e que você consiga ótimos resultados com os aprendizados aqui descritos.

Como vimos, são vários aspectos que compõem o sucesso das notificações do iFood: contexto, cupons, segmentação, uma marca mais humanizada e tudo isso com um grande senso de humor trazendo até certa diversão a seus usuários. E no seu App? O que pode ser feito?

Sempre que quiser conversar estamos à disposição! 😁