window.dataLayer = window.dataLayer || []; function gtag(){dataLayer.push(arguments);} gtag('js', new Date()); gtag('config', 'UA-73310035-1');

Como calcular e melhorar o ROI do seu aplicativo de varejo

Tente-se lembrar das ultimas compras que você fez. Elas foram feitas em lojas físicas? On-line? Ou pelo seu smartphone?

Compras pelo smartphones já são uma realidade na vida das pessoas, segundo uma pesquisa da PYMNTS.COM compras em Mobile Commerce irão atingir $250bi em 2020, e a maior parte dessa receita, virá de aplicativos móveis.

como-calcular-e-melhorar-o-roi-do-seu-aplicativo-de-varejo

Por que? Conveniência! Apps estão com você durante todo dia, te lembram de compromissos importantes, sabem seu histórico de compras e pesquisa, se integram com suas informações de pagamento e envio além de possuir ferramentas que aumentam o nível de segurança, como reconhecimento facial e leitores de biometria.

A urgência dos varejistas em fazer parte do mundo mobile nunca foi tão forte, mas, para cada grande investimento feito, é crucial provar seu retorno (ROI – Return Of Investment).

Desenvolver, hospedar e manter um aplicativo de alta qualidade não é barato. Por isso, você não se surpreenderá se, em determinado momento, seu chefe pergunte se o investimento feito em um aplicativo está valendo a pena.

Embora haja maneiras de calcular o ROI de aplicativos, há muitas variáveis a se considerar, especialmente quando se trata do setor de varejo.

Abaixo, examinamos as métricas tangíveis e intangíveis que você precisa ter em mente para calcular o ROI do seu aplicativo de varejo.

 

Métricas Tangíveis (Fonte: Business of Apps)

 

1. Investimento no App
Como falamos acima, não é barato desenvolver um App. Então precisamos calcular todo o investimento feito para criar, lançar e dar manutenção no seu aplicativo, como:

Custo inicial de desenvolvimento: Seja o custo de recursos internos ou contratando agências e Software Houses.
• Custo de divulgação: Veiculações de mídia paga, anúncios pagos em vários canais de marketing, etc;
Custo de manutenção e otimização: Recursos dedicados à correção de bugs e aprimoramentos contínuos do aplicativo;
• Custo de marketing: Recursos humanos dedicados a aumentar o engajamento de aplicativos (Push Notifications, SMS, E-mail , etc.)
• Custo de produtos usados para dar suporte apos Apps: Plataforma de marketing mobile, Analytics, ASO (App Store Optimization), etc.

 

De todos os fatores citados acima sobre a estrutura de custo de criar e lançar seu aplicativo, vamos nos concentrar no último por um momento: o custo de produtos usados para dar suporte aos aplicativos.

Ter acesso a insights profundos sobre seus usuários pode melhorar bastante a eficiência de suas campanhas de marketing de seus Apps, aumentando consideravelmente a retenção de usuários e as taxas de conversão. Isso vem do investimento em uma plataforma de marketing mobile.

Pense dessa forma: se você tem um CMS para seu website e e-mail marketing, por que você não teria o mesmo para seu aplicativo?

 

2. Receita gerada pelo App

Uma vez que você já entende todo investimento feito em seu App, é hora de olhar o impacto. Obviamente, aqui olharemos a receita obtida por vendas no App, mas existem outras métricas para analisar e calcular com precisão o ROI:

• Quantos usuários fizeram o download do App?
• Quantos usuários (consumidores) ativos por dia e por mês?
• Qual é o total de receita gerado pelo App?
• Quanto em média cada usuário ativo gera de receita?

 

Métricas intangíveis

Embora olhar para a receita gerada seja muito importante para determinar o ROI do seu aplicativo, algumas métricas intangíveis devem ser levadas em consideração. Aqui estão maneiras imensuráveis, de como um aplicativo é importante para seu negócio. Aqui estão alguns exemplos:

como-calcular-e-melhorar-o-roi-do-seu-aplicativo-de-varejo

• Compras influenciadas: Seu aplicativo deve ser um ponto de interação, onde os consumidores consigam engajar por completo com sua empresa, de modo que mesmo que não convertam durante a sessão, você continue em sua mente. Por exemplo, um consumidor pesquisa um produto em seu App e efetua a compra dias depois em uma loja. A receita não será creditada diretamente ao seu App, mas ele teve papel chave em sua conversão.
• Participação em programas de fidelidade: Aplicativos substituíram os cartões de fidelidade, pois ninguém gosta de carregar cartões pouco usados. Ter um programa de fidelidade acessado diretamente no seu App, torna muito fácil para os consumidores conhecerem os benefícios, e utiliza-los, tornando-os mais propensos a tornar um cliente de alto valor.
• Conceito de marca: Vamos ser sinceros, mobile é o presente e o futuro. Ter um BOM aplicativo significa, que sua empresa, está sintonizada com o que há de novo e inovando de acordo com as preferências de compra do consumidor.

 

Conclusões

Como em qualquer outro canal de marketing, entender o retorno do investimento do seu App ajuda a garantir que você não estabeleça apenas referências para o sucesso, mas que otimize de acordo com as prioridades da empresa.

Como podemos ver, a indústria do varejo está migrando para o mundo digital, e fazer o investimento certo em aplicativos móveis pode garantir anos de competitividade e prosperidade para sua empresa.

Com essas informações, você conseguirá entender melhor o ROI do seu aplicativo. No entanto, é apenas o ponto de partida, para otimiza-lo você precisa entender verdadeiramente o impacto que suas ações estão trazendo de resultados quando o assunto é retenção receita.

Sobre o Autor:

CO-Fundador e CEO (Chief Engagement Officer) da Inngage. Vamos conversar sobre engajamento de usuários?

Deixar um comentário