Você realmente conhece seus usuários?

No cenário atual, poucos são os Apps que realmente entendem quem são seus clientes. 

Entrando um pouco a fundo na análise desses usuários, posso citar diversos dados e informações que podem ser muito bem utilizadas para personalizar e humanizar o contato com cada um deles, como:

  • Interesses & Preferências;
  • Jornada no aplicativo;
  • Interações realizadas com as features;
  • Dados do dispositivo & Versão do App instalado;
  • E vários outros dados que podem variar a cada segmento e modelo de negócio dos aplicativos.

Caso sejam bem utilizadas na personalização da comunicação de um App, essas informações podem ser um ponto chave para aumentar seus resultados.

Vejo dois cenários bastante comuns atualmente:

 

Aplicativos que possuem poucas ou nenhuma comunicação com seus usuários

x

Aplicativos que possuem incessantes comunicações sem nenhuma personalização 

 

Posso dizer com certeza que nenhum dos dois está certo.

Ao falarmos de Apps, não podemos deixar de falar das Push Notifications, sua principal forma de comunicação. E, aqui na Inngage, sempre dizemos que as notificações são de fato a voz de um aplicativo, ou seja, sem elas um App estaria morto.

Contudo, se utilizadas com uma alta frequência elas também podem representar um problema. As notificações são um excelente canal de comunicação, porém podem ser consideradas como uma interrupção para os usuários que as recebem.

O App Analytics te ensina muito sobre seus usuários. Porém, de nada adianta conhecer todo histórico de utilização, por exemplo, se isso não servir para uma ação concreta e filtrar seu público te oferece a capacidade de criar um conteúdo personalizado e relevante para cada perfil de usuário.

A partir desses dados, conseguimos criar as “Audiências”, ou seja, grupos de usuários para os quais você pode segmentar a sua comunicação, aumentando assim a sua assertividade com cada usuário.

Nesse sentido, a contextualização da comunicação é algo de extrema importância quando falamos de Mobile Marketing, visto que assim, cada usuário recebe apenas as comunicações que fazem sentido para ele.

Na Inngage, todas essas informações sobre seus usuários são disponibilizadas em um local único, como você pode ver na imagem abaixo:

Group-6

 

Dessa forma, você entende melhor seus usuários e consegue analisar quais desses dados fazem sentido para serem utilizados na criação de novas comunicações.

A partir desses dados, conseguimos criar as “Audiências” da Inngage, ou seja, grupos de usuários para os quais você pode segmentar a sua comunicação, aumentando assim a sua assertividade com cada usuário.

Caso tenha alguma dúvida não pense duas vezes para falar conosco!