As 7 Principais Métricas de Aplicativos Móveis

Home/Dados de mercado/As 7 Principais Métricas de Aplicativos Móveis

As 7 Principais Métricas de Aplicativos Móveis

Não é suficiente desenvolver um aplicativo móvel, você também precisa medir a taxa de sucesso. Para isso, é fundamental usar métricas de aplicativos.

A maioria das empresas acredita que seu trabalho termina com o envio do app para a loja de aplicativos. No entanto, é fundamental concentrar esforços na identificação das principais métricas que ajudam a entender se o aplicativo está sendo bem-sucedido ou não, juntamente com o marketing em diferentes canais.

Portanto, um rastreamento diário permite saber como os clientes interagem com seu app e o que mais lhe interessam. Com essas informações em mãos é possível implementar uma solução que melhore o envolvimento do usuário. Confira nesse post as 7 principais métricas que seu aplicativo deve estar de olho para ter sucesso:

 

1 – Aquisição 

O número total de downloads do seu aplicativo móvel fala sobre a quantidade de pessoas interessadas em usá-lo. Você pode acompanhar  o número de downloads mensalmente, semanalmente, ou diariamente. Ele também fala sobre o número de pessoas que desejam interagir com você, mas nada diz sobre o sucesso e lucratividade do aplicativo.

Portanto, é importante saber de onde seus clientes estão vindo e que parte da campanha funcionou a favor da aquisição. Assim, você poderá redefinir seu orçamento de marketing e gastar nos canais que se mostraram mais eficazes.

Com essa métrica, você também saberá qual parte da campanha foi ineficaz para seus clientes. Sem dúvida, essa é uma das mais importantes métricas de aplicativos.

 

2 – Número total de usuários ativos

As pessoas baixam muitos aplicativos, mas isso não significa que vão usá-los regularmente. Em muitos casos, nem mesmo abrem. O número total de usuários ativos são aqueles que realmente abrem e se conectam com seu aplicativo com frequência .

Certamente, grande parte dos usuários não abre determinados aplicativos diariamente, enquanto outros abrem uma vez por semana, ou a cada dois dias. Então, você precisará identificar os usuários ativos diários, através da métrica DAU (daily active users) e mensais, através do MAU (monthly active users) para definir o engajamento do seu app.

 

3 – Duração de cada sessão

Quando um usuário visita seu aplicativo, você precisa saber quanto tempo ele fica e quanto tempo gasta dentro dele. Isso definirá a duração da sessão e também o engajamento do seu público. Se a duração da sessão for longa, isso significa que seu aplicativo é amigável, envolvente e relevante para os usuários.

Além da duração da sessão, você também precisa medir o número total de sessões que o usuário tem no aplicativo. Se o nível de engajamento for baixo, você pode identificar maneiras de melhorar a experiência do usuário.

Além disso, o intervalo de tempo entre duas sessões também precisa ser medido para entender a eficácia do seu aplicativo móvel. Essa é uma das métricas de aplicativos que oferecerá a você uma ideia da frequência com que seu app é aberto e usado pelo usuário.

Isso define o sucesso do seu aplicativo de várias maneiras. Aliás, o valor de retenção do aplicativo e o valor de adesão são obtidos a partir dessa métrica, o que lhe dá o escopo necessário para fazer melhorias.

 

4 – Taxa de retenção e rotatividade

A taxa de retenção sugere o número de usuários que retornaram ao seu aplicativo após o primeiro uso. Esses são os usuários que você reteve e que continuarão usando seu app.

A taxa de retenção de seu aplicativo pode ser conhecida calculando o número total de usuários que ainda usam seu aplicativo, dividida pelo número total de usuários que você tinha no início.

Essa métrica ajuda a descobrir se a atualização ou novo recurso que você lançou manterá os usuários, ou não. Outra métrica importante é a rotatividade. Conhecer essa taxa permitirá saber quantas pessoas pararam de usar o aplicativo após o primeiro uso ou com o tempo.

Além disso, lhe dirá por que eles pararam de usar. A partir dessas duas métricas de aplicativos: retenção e rotatividade, você poderá redefinir alguns recursos.

 

5 – Receita média por usuário

Como uma empresa de aplicativos, você deve medir a sua lucratividade para saber se está sendo bem-sucedido ou não. A receita média por usuário ajudará você a descobrir quanto cada usuário está gastando e se isso é suficiente para o seu negócio.

Você precisará dividir a receita total do aplicativo pelo número total de usuários no momento em que a receita é gerada para conhecer essa métrica.

 

6 – Desinstalações

A taxa de desinstalações mede a porcentagem de usuários que simplesmente pararam de usar seu aplicativo. Uma alta taxa de desligamento significa que um grande número de usuários ativos parou de usar seu app.

Isso tem um grande impacto em seu fluxo de receita e resultados financeiros. No entanto, se o seu aplicativo tiver uma alta taxa de rotatividade como resultado da saída de usuários de baixo valor, não será um problema tão grande.

 

7 – Custo de aquisição

Também é preciso se aprofundar nas métricas reais de lucratividade. Assim sendo, você precisa saber qual é o custo de aquisição de um cliente, o que por sua vez o ajudará a descobrir se eles trazem lucratividade para o seu negócio. Para obter esse valor, você pode dividir o custo total da campanha pelo total de aquisições.

 

Conclusão 

Por fim, desenvolver um aplicativo exige muito tempo e dinheiro, por isso você não pode simplesmente perder todo esse esforço sem obter o retorno adequado de seus investimentos. Portanto, é obrigatório incorporar um sistema de análise para identificar como seus usuários estão se adaptando à nova solução.

Além dessas sete métricas de aplicativos citadas, você também deve analisar os lucros reais que estão sendo gerados. É importante também saber como o usuário interage com cada tela e qual caminho de navegação prefere.

Além disso, a análise do fluxo do app mostra o envolvimento deles e os problemas de navegação e interface que estão enfrentando no app. Essas métricas irão ajudá-lo a analisar melhor seu app para refinar a experiência do cliente e tornar o aplicativo mais envolvente e útil para o seu público-alvo.

By |2020-12-18T15:15:16-03:0018 de dezembro de 2020|Dados de mercado|0 Comments

About the Author:

Leave A Comment