Destaque-se no mercado mobile com o nosso guia de métricas de sucesso para aplicativos, e descubra como otimizar crescimento, engajamento e monetização.

Após uma árdua jornada de desenvolvimento do seu app até seu lançamento, ainda há muito a se fazer, e medir o seu desempenho é uma delas, afinal só assim saberá se a sua solução entrega os  objetivos finais que você traçou.

Por isso, é extremamente necessário conhecer todas as métricas de sucesso para aplicativos,  não apenas pela inovação ou pelo número de downloads, mas também pela capacidade de engajar, reter e monetizar usuários.

Neste guia, exploraremos os indicadores-chave de desempenho (KPIs) e métricas que são cruciais para qualquer estratégia de marketing de aplicativos móveis, confira:

 

O que são métricas de sucesso para aplicativos?

Antes de tudo, você precisa ter em mente que: as métricas de sucesso para aplicativos são indicadores quantitativos utilizados para avaliar o desempenho e a eficácia de um aplicativo móvel em atingir seus objetivos estratégicos.

Essas métricas dizem sobre comportamento dos usuários, a performance financeira, a retenção, entre outros aspectos cruciais para o sucesso do aplicativo. 

Por exemplo, a taxa de retenção de usuários é uma métrica relacionada a porcentagem de usuários que continuam a usar o aplicativo após a primeira instalação, refletindo diretamente o valor e a aderência do aplicativo ao seu público-alvo.

Segundo, o respeitado portal RankMyApp, para o app ser bem sucedido, há uma série de métricas que precisam ser observadas, e partindo do princípio de que as melhorias vêm por meio de acompanhamento.

Taxa de crescimento dos usuários 

Monitorar a taxa de crescimento de usuários é fundamental para verificar a expansão da sua base e entender os fatores impulsionadores, sejam eles eventos específicos, como alterações de preço e atualizações, ou um aumento constante. 

Para chegar a este indicador, basta calcular: ((Usuários Atuais – Usuários Anteriores) / Usuários Anteriores) * 100.

Downloads do App

Outro fator para atentar-se, é a quantidade de downloads de um aplicativo, que representa a forma mais direta de medir sua aceitação pelo público.

Portanto, é essencial monitorar esse número, visto que ele serve como um dos principais indicadores de desempenho para a maioria dos aplicativos.

Retenção

A taxa de retenção consegue refletir quantos usuários continuam a usar seu aplicativo após um período específico. Esse indicador sugere o sucesso do aplicativo em manter seu valor para os usuários, que o acessam regularmente. 

Uma alta taxa de retenção sinaliza potencial para lucros futuros. 

Para saber esse índice, basta utilizar a fórmula: ((Clientes Finais – Clientes Novos) / Clientes Iniciais) * 100, onde Clientes Finais é o total de usuários ao fim do período, Clientes Novos são os adquiridos no período, e Clientes Iniciais, os usuários no começo do período.

Instalações

A simples ação de baixar um app não vai garantir que o usuário tenha finalizado sua configuração. Por isso, é fundamental acompanhar as instalações efetivamente completadas nos diversos dispositivos utilizados pelo seu público.

Desinstalações

A qualquer momento, um usuário pode remover seu aplicativo por diversas razões, muitas vezes sem fornecer explicações. 

Contudo, se um aumento nas desinstalações estiver relacionado a atualizações, mudanças no aplicativo, ou estratégias de marketing, é crucial analisar as causas, particularmente se isso acontecer de forma generalizada ou afetar uma base de usuários que era estável.

 

Métricas de sucesso para aplicativos de desempenho geral

Métricas de sucesso para aplicativos de desempenho geral

Estes são indicadores-chave adicionais, que focam no engajamento dos usuários com o aplicativo, avaliando aspectos como o uso, o momento e o local de interação, além de como os usuários se conectam e interagem no seu app.

Sessões

Aqui é sobre a quantidade de sessões geradas, ou quantas vezes um usuário abre o aplicativo, serve como um indicativo de sua popularidade e engajamento. Um número elevado de sessões indica que os usuários acham o aplicativo valioso e estão satisfeitos com as soluções que ele oferece. 

É importante notar que, em análise digital, uma sessão representa um conjunto de interações de um usuário ou dispositivo com seu site ou aplicativo em um intervalo específico. Assim, é crucial definir claramente o que constitui uma sessão para o seu aplicativo ou projeto.

Duração de sessão

A duração da sessão indica o tempo que os usuários ficam no aplicativo em cada uso, e normalmente, sessões mais longas são vistas positivamente, sugerindo maior engajamento. No entanto, é importante avaliar se longos períodos de uso estão associados a problemas ou a um aumento nas desinstalações. 

Em contrapartida, para aplicativos focados em eficiência ou ações específicas, a duração pode ser menos relevante do que a frequência de uso, a taxa de abertura do aplicativo (AOR) ou a profundidade de interação por sessão, tornando estes últimos indicadores mais pertinentes para acompanhamento.

Profundidade da sessão

A profundidade da sessão mede a quantidade e a intensidade das interações dos usuários dentro de uma sessão, indicando quão engajados eles estão com o aplicativo antes de encerrar a sessão ou sair do app. 

Ações como realizar uma compra ou encher um carrinho indicam uma sessão mais profunda em comparação a apenas abrir o app para visualizar conteúdo novo ou realizar rápidos eventos, como usar um editor de fotos. 

Quantidade de usuários ativos diários (DAU)

Representa o total de usuários que interagem com o aplicativo todos os dias. Analisar a média diária de usuários ativos (Daily Active Users) durante períodos mensais ou anuais é uma estratégia eficaz para mensurar a relevância e o potencial de crescimento de um aplicativo.

Quantidade de usuários ativos mensais (MAU)

Refere-se ao número de usuários únicos que interagem com o seu app em um mês.

Essa métrica, conhecida como usuários ativos mensais (Monthly Active Users), é importantíssima, pois contabiliza indivíduos que podem engajar em múltiplas sessões, destacando a importância de analisar e comparar tanto os MAUs quanto os DAUs para uma compreensão completa do engajamento no aplicativo.

Quantidade de usuários ativos semanais (WAU) 

WAU, ou Usuários Ativos Semanais, mede o número de usuários únicos que usam um aplicativo em uma semana, ajudando a analisar o engajamento e a eficácia de estratégias de marketing em um período curto.

 Taxa de cancelamento

A taxa de cancelamento, também conhecida como churn, reflete a porcentagem de usuários que cancelam suas assinaturas ou desinstalam o aplicativo. Uma taxa baixa é um bom sinal, indicando menor perda de usuários. 

Uma alta taxa de cancelamento pode sinalizar problemas no aplicativo, como falhas ou falta de atualizações, e é especialmente relevante para aplicativos de jogos ou que dependem de novos conteúdos.

Confira também nosso conteúdo sobre: Métricas avançadas de engajamento e retenção em aplicativos.

 

Métricas de sucesso para aplicativos de receita / visão de negócio

as-principais-mtricas-de-sucesso-para-aplicativos-2024

Talvez a captação de receita não seja o único objetivo, porém sua importância é indiscutível.

A lucratividade e a estabilidade financeira são essenciais para o sucesso de um aplicativo. Para garantir isso, é crucial acompanhar a geração de receita do seu aplicativo por meio de KPIs específicos, que ajudarão a avaliar sua performance financeira.

Receita média por usuário

A Receita Média por Usuário, também conhecida pela sigla ARPU é calculada a partir do valor ou valor médio gerado por cada usuário através de diversas formas de monetização, como compras dentro do app, visualizações ou cliques em anúncios, assinaturas e downloads pagos. 

Fique atento, pois multiplicando esse valor pela base total de usuários ou pelo número de usuários ativos, obtém-se uma estimativa do valor global do aplicativo.

Valor pelo tempo de vida (LTV) 

O Lifetime Value, ou Valor Vitalício de um usuário, representa o total de receita gerada por ele para o aplicativo até o momento. 

Este indicador, quando combinado com a Receita Média por Usuário (ARPU), proporciona uma visão poderosa para estimar a receita potencial total ou o valor geral do aplicativo.

Esse KPI é calculado multiplicando o valor médio de uma conversão pelo número médio de conversões em um determinado período e pelo tempo médio de vida do cliente.

Confira este artigo completo da Salesforce sobre LTV e saiba como otimizar.

Custo de aquisição do cliente (CAC)

É o custo para adquirir um novo cliente. Ou seja, o valor gasto anunciando seu aplicativo, incluindo o tempo contabilizado para os custos de marketing. Afinal, tempo é dinheiro.

Para descobrir este KPI, basta dividir a receita bruta total durante um determinado período pelos custos de vendas e marketing incorridos durante o mesmo período.

Custo por aquisição (CPA)

O Custo por aquisição de uma nova conversão, um KPI de aplicativo móvel, que não implica necessariamente que a conversão venha de um novo cliente, mas de um novo comportamento, como fazer uma assinatura, ou upgrade para um plano premium, por exemplo.

Retorno sobre investimento (ROI)

O Retorno sobre Investimento (ROI) é determinado dividindo os ganhos obtidos, seja em aumento de clientes ou receita, pelo total investido em campanhas de marketing. Isso inclui tanto os custos financeiros diretos quanto o tempo e outras despesas relacionadas.

Custo por instalação (CPI) 

Este é um indicador que quantifica o custo de aquisição de cada cliente que baixa o aplicativo após visualizar um anúncio. Este KPI foca nas instalações resultantes de esforços pagos, diferenciando-se das instalações orgânicas.

 

Métricas de sucesso para aplicativos em UX – Experiência do usuário

Métricas de sucesso para aplicativos de UX - Experiência do usuário

Não podemos nos esquecer em hipótese alguma de prezar pela qualidade da experiência do usuário, uma vez que é fundamental para determinar o sucesso de um app.

Portanto, empregar KPIs específicos para análise, com o objetivo de monitorar, avaliar e aprimorar essa experiência é, sem dúvida, uma das tarefas mais cruciais para desenvolvedores e profissionais de marketing envolvidos com aplicativos.

Tempo de carregamento

O tempo de carregamento refere-se ao intervalo necessário para que um aplicativo passe do clique inicial à sua total disponibilidade para uso, incluindo a transição entre telas ou atividades dentro do app.

Uma experiência de usuário positiva é garantida por tempos de carregamento reduzidos, tornando o aplicativo mais ágil e fluido, visando otimizar a satisfação do usuário.

Dispositivos

Identificar os dispositivos utilizados pelo seu público para acessar o aplicativo é um KPI muito valioso.

Você consegue saber se o seu público prefere tablets ou smartphones? Se optam por Android ou iOS? Fique atento!  Essa informação é crucial para adaptar o desempenho e a compatibilidade do aplicativo, além de permitir ajustes específicos para melhorar a experiência do usuário e identificar possíveis problemas de usabilidade em diferentes versões ou dispositivos.

Sistema operacional

A escolha entre Android e iOS é relevante tanto para usuários quanto para desenvolvedores, e é essencial que seu app ofereça boa performance em ambos os sistemas. Se observar uma alta incidência de erros ou desinstalações em um específico, ou uma clara preferência da sua base por Apple ou Android, é importante investigar as causas. 

Compreender e solucionar essas questões baseadas nas preferências pode melhorar significativamente a experiência do usuário e a aceitação do seu aplicativo.

Tamanho / resolução das telas

Este KPI, frequentemente associado aos dispositivos utilizados pelos usuários, é imprescindível  para planejar atualizações e novas versões do app. 

Neste caso, é recomendável correlacioná-lo com outras métricas de desempenho, como taxas de desinstalação ou erros, para garantir que as melhorias e ajustes sejam direcionados de forma eficaz, otimizando a experiência geral do usuário e a estabilidade do aplicativo.

Concessões

É a quantidade de acesso ou permissões que seus clientes concedem através do seu aplicativo.

Latência da API

A latência da API, mede o tempo entre a chamada e a resposta dos proxies de API, é um KPI muito importante, e está diretamente ligado ao tempo de carregamento e consequentemente, à experiência do usuário. 

Um valor baixo é o melhor cenário, pois indica uma resposta rápida e uma interação mais fluida com o aplicativo, contribuindo para uma experiência de usuário mais satisfatória.

 

Métricas de sucesso para aplicativos de marketing

Métricas de sucesso para aplicativos de marketing

A seleção de indicadores-chave de desempenho (KPIs) relacionados à eficácia do marketing do seu aplicativo é crucial.

Identificar os KPIs de marketing móvel que melhor acompanham suas estratégias mais efetivas é fundamental para avaliar o crescimento do aplicativo, bem como sua presença nas redes sociais e influência no meio digital.

É igualmente importante registrar suas campanhas de publicidade paga e analisar os dados da loja de aplicativos para entender o que impulsiona os downloads.

Fonte de tráfego

Identificar a plataforma e a fonte de tráfego por onde os clientes descobrem e baixam seu aplicativo ajuda a otimizar suas campanhas de marketing. A origem pode ser anúncios pagos, menções orgânicas ou uma mistura de ambos, sendo importante analisar essa proporção. 

Por isso, é sempre bom avaliar quais canais trazem mais sucesso e quais precisam de ajustes, considerando também por qual loja de aplicativos os usuários preferem baixar seu app e como eles chegam até lá, seja por pesquisa de palavras-chave, links diretos ou promoções em redes sociais. 

Não esqueça de monitorar esse KPI para refinar continuamente suas estratégias de marketing, maximizando os resultados positivos e minimizando os negativos.

Viralidade e fator K

A viralidade, que reflete a disseminação do seu app, é um indicador chave da sua popularidade.

Uma abordagem frequente para mensurar a viralidade é o cálculo do fator k, que consiste na multiplicação do número de menções, sejam elas orgânicas ou pagas, pela taxa de conversão correspondente. 

Manter uma metodologia consistente na medição da viralidade é crucial para assegurar a confiabilidade e a comparabilidade dos resultados ao longo do tempo.

Distribuição de canais

Diz respeito à diversidade e origem dos canais pelos quais os usuários descobrem e acessam seu aplicativo.

É importante explorar e avaliar uma ampla gama de fontes, bem como entender o perfil de cada tipo de fonte, pois isso está diretamente ligado à sua aceitação pelo público-alvo e ao comportamento dos usuários após a instalação do aplicativo, baseando-se nos diferentes canais utilizados.

Dados Geográficos

Alguns fatores que podem afetar compras no app e sua receita são: a localização dos seus usuários, e o idioma que eles usam.

Esta métrica também pode influenciar suas futuras campanhas, informando onde segmentar e onde já está saturado.

Dados demográficos

Além dos dados de localização em idioma, os dados de gênero, etnia e idade do seu público também são muito importantes.

Acompanhar os dados demográficos de sua base de clientes reais, comparando-os com os dados de seu público-alvo, é uma excelente maneira de julgar a eficácia de seus esforços de marketing, além de possibilitar uma comunicação mais personalizada.

Análise de Coorte

Você poderá clusterizar sua base em diferentes categorias ou coletivos com base nos dados que citamos nos tópicos acima.

Agrupar seus usuários e ver os padrões em seu comportamento pode ser uma valiosa experiência de aprendizado ou fonte de conhecimento sobre seus clientes atuais e potenciais.

 

Métricas de sucesso para ASO [ otimização para mecanismos de busca em lojas de Apps]

Métricas de sucesso para ASO [ otimização para mecanismos de busca em lojas de Apps]

Os padrões de comportamento específicos ao seu aplicativo oferecem insights profundos sobre as preferências e interesses do seus clientes.

Este KPI abrange desde a jornada do usuário até o seu app, passando pelas ações realizadas pós-download, até outros aplicativos que eles possam ter, as redes sociais que frequentam ou sites que visitam regularmente.

Palavras-chave 

Seu app tem que ser fácil de encontrar e bem ranqueado nas lojas de aplicativo, por isso você precisa ser assertivo no uso de palavras-chave ou frases.

Quando você monitora a jornada do usuário desde a pesquisa inicial de palavras-chave até a eventual compra, poderá saber quais palavras-chave realmente geram receita e outros comportamentos positivos ou desejados.

Para acompanhar os rankings de palavras-chave no Google Play e na App Store, basta usar esta Ferramenta de ASO.

Classificação no Ranking das lojas de Apps 

Que tal monitorar a classificação ao longo do tempo?  Estude como elas afetam o desempenho do seu app. Além de ser uma tarefa importante, também é essencial e, afinal: quanto melhor o seu ranking, melhor o seu desempenho.

Visualizações até a instalação 

Este é o indicador do número de vezes que um usuário visualizou a página de produto do seu app na listagem de aplicativos antes de instalá-los. 

No geral, quanto menos visualizações até a instalação, melhor. Isso mostra que a sua publicidade e listagem de loja de aplicativos são eficazes.

Avaliações 

Se o seu app recebe comentários positivos é um indicativo de sucesso, mas a quantidade de feedbacks também revela o nível de engajamento e paixão dos usuários pelo seu aplicativo.

Enquanto os comentários negativos apontam áreas que necessitam de aprimoramento, os positivos destacam funcionalidades que merecem mais atenção ou expansão, podendo inspirar atualizações significativas ou até o desenvolvimento de versões premium.

Esse feedback direto é uma fonte rica de insights sobre as preferências e desejos dos usuários, orientando melhorias e inovações no aplicativo.

Classificações

Tenha em mente que receber avaliações positivas e uma alta classificação na loja de aplicativos são indicadores de sucesso.

Contudo, avaliar um app demanda menos esforço do que deixar um comentário detalhado, o que significa que o volume de avaliações pode não refletir completamente o afeto dos usuários pelo aplicativo ou seu nível de engajamento.

Embora existam diversos KPIs e métricas para avaliar o desempenho de um app, nem todos têm o mesmo peso ou relevância. 

Desenvolvedores enfrentam o desafio de selecionar e interpretar esses indicadores de forma que façam sentido e contem a história do sucesso do aplicativo de maneira integrada e significativa.

Conclusão

Se você chegou até aqui, já deve ter compreendido que as métricas de sucesso para aplicativos são fundamentais para o sucesso e seu processo de aprimoramento, certo?

Além disso, as avaliações e comentários na loja de apps, fornecem um panorama claro dos usuários e o engajamento com o app, enquanto a seleção cuidadosa de indicadores-chave de desempenho permite aos desenvolvedores entender profundamente o comportamento e as preferências de seu público.

Embora o desafio de filtrar e interpretar esses dados possa parecer complexo, é através dessa análise detalhada que se pode realmente medir o sucesso de um aplicativo e traçar estratégias eficazes para seu crescimento e evolução no mercado competitivo de hoje.

Conheça a Inngage

A Inngage é uma plataforma de marketing e engajamento de clientes que permite à empresas aumentar retenção, conversão e maximizar o valor do cliente.

Isso através de mensagens altamente personalizadas e contextualizadas baseadas em suas preferências, comportamento, perfil utilizando canais como E-mail, Notificações Push, SMS, WhatsApp, entre outros.